Sociedade

Portugal apoia refugiados afegãos e ucranianos com mais de 10 milhões

Montante destina-se às 24 candidaturas aprovadas pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI). 

Portugal apoia refugiados afegãos e ucranianos com mais de 10 milhões

Foram aprovados 10,9 milhões de euros para apoio a beneficiários ou requerentes de proteção internacional ou proteção temporária oriundos do Afeganistão e da Ucrânia, anunciou esta sexta-feira a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI). 

O montante destina-se às 24 candidaturas aprovadas por aquela entidade na qualidade da autoridade responsável pelo Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração (FAMI), como uma forma de dar apoio à receção na sociedade portuguesa de refugiados oriundos do Afeganistão e Ucrânia. 

A maioria das candidaturas aprovadas, diz ainda a SGMAI em comunicado, destinam-se a projetos de autarquias, existindo ainda verbas para o Conselho Português para os Refugiados (CPR), Serviço Jesuíta aos Refugiados, Associação Portuguesa para a Inovação e Desenvolvimento, Centro Social Paroquial da Vera Cruz, em Aveiro, Cruz Vermelha Portuguesa e a associação Ukrainian Refugies UAPT. 

Os comentários estão desactivados.