Politica

Governo condena ações de violência e desordem em Brasília

Mais de 300 manifestantes foram detidos pelas autoridades, depois de vandalizarem a sede dos três poderes, foi deixado um rasto de destruição no Congresso.


Apoiantes do ex-presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, furaram um bloqueio, entraram na Esplanada e invadiram o Congresso Nacional em Brasília.

Mais de 300 manifestantes foram detidos pelas autoridades, depois de vandalizarem a sede dos três poderes, foi deixado um rasto de destruição no Congresso.

O Governo português emitiu um comunicado onde repudia os acontecimentos:

“O Governo português condena as ações de violência e desordem que hoje tiveram lugar em Brasília, reiterando o seu apoio inequívoco às autoridades brasileiras na reposição da ordem e da legalidade.

O Governo transmite a sua inteira solidariedade à Presidência da República do Brasil, ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal, cujos edifícios foram violados nas manifestações anti-democráticas que tiveram lugar esta tarde.”

Os comentários estão desactivados.