Politica

Swap: Ex-presidente do Metro do Porto responde hoje na Comissão

Os antigos presidentes do Metro de Lisboa e do Metro do Porto respondem a partir de hoje na comissão parlamentar de inquérito aos 'swap' pelo facto de as empresas que presidiam terem contratado algumas das operações consideradas mais problemáticas.

as audições desta semana arrancam hoje às 15:00 com ricardo fonseca, antigo presidente do metro do porto entre 2008 e 2012, altura em que renunciou ao cargo, depois de ter estado um ano e meio demissionário.

na quarta-feira é a vez de manuel frasquilho, que foi presidente do metro de lisboa entre 2000 e 2003, tendo também no currículo a liderança de empresas como a refer - rede ferroviária nacional e porto de lisboa, e à tarde do seu sucessor mineiro aires, que exerceu um mantado na empresa, até 2006.

as audições prosseguem na quinta-feira, com mais dois antigos gestores do metro de lisboa. de manhã é ouvido joaquim reis, que foi presidente da empresa do metropolitano lisboeta entre 2006 e 2010, quando saiu para assumir a presidência da parpública, 'holding' que gere as participações do estado, de que apresentou a demissão em 2012.

à tarde é a vez de cardoso dos reis, que liderou o metro de lisboa entre 2010 e 2012, sendo então substituído por silva rodrigues, que acumulou a função com a presidência da carris até ser demitido em junho, juntamente com mais dois gestores públicos, e que já foi ouvido na comissão parlamentar.

lusa/sol