centenario


Carlos de Oliveira. O mais anti-moderno dos poetas portugueses

Diogo Vaz Pinto