presidente



Teresa Caeiro. 'Foi Paulo Portas que me desviou'

Luís Claro