Sociedade

Mega urbanização de Carcavelos aprovada sob contestação

A linha de Cascais vai mesmo perder a sua última mancha verde. Foi aprovada, esta terça-feira, por um voto, na Assembleia Municipal de Cascais, a urbanização que prevê edifícios de 6 a 7 andares para habitação, um hotel, comércio e serviços, a ser construídos junto à praia de Carcavelos.

Em causa está um projecto para a construção de mais de 930 fogos junto à praia de Carcavelos, num investimento privado que atinge os 270 milhões de euros. 

A decisão foi tomada esta terça-feira numa sessão no Centro Cultural de Cascais, com o voto a favor da Presidente da Freguesia de Carcavelos, Zilda Costa da Silva, que, apesar de vinculada à decisão de rejeição do plano tomada pela Assembleia de Freguesia, o votou favoravelmente na Assembleia Municipal.

O Plano de Pormenor Espaço de Reestruturação Urbanística de Carcavelos Sul (PPERUCS) foi assim aprovado, com 19 votos favoráveis da maioria PSD/CDS-PP e 18 votos contra de toda a oposição – PS, CDU, BE e o movimento Ser Cascais.

Esta decisão está a ser fortemente contestada pelos movimentos de cidadãos do concelho de Cascais, que admitem mesmo avançar para tribunal para parar o projecto, e durante a sessão, a Polícia foi mesmo chamada a intervir contra os cidadãos que se manifestaram contra.

O movimento de cidadãos Forum por Cascais promete não desiste, tendo uma reunião marcada para hoje à noite para decidir quais as medidas a tomar. 

sonia.balasteiro@sol.pt