Opiniao

Este Verão tão nosso por José Paulo do Carmo

Impressionante a forma como a mudança de tempo transforma as pessoas, a sua predisposição para sair, beber, aproveitar os espaços exteriores e a contagiante boa disposição dos outros.

Não é só no corpo que se sentem as alterações, é sobretudo na mente, no espírito e na sensibilidade. A abordagem diferenciadora revela um lado mais divertido, descontraído e aberto, as relações tornam-se mais fáceis, os envolvimentos acontecem com maior simplicidade e os sorrisos prevalecem em detrimento das caras carrancudas do Inverno.

É óbvio que a cor muda tudo, as pessoas ficam mais giras, com um ar mais saudável e essa é a razão para a euforia generalizada e a corrida às praias, assim que despontam os primeiros raios de sol. As mini-saias e os calções são arrancados do baú, os vestidos curtos e os óculos de sol ganham lugar de destaque e quem consegue sobressair trata logo de fazer inveja nas redes sociais. 

O Facebook, o Instagram e outros que tais dominam as opiniões e encarregam-se de mostrar ao mundo a forma física da ex-namorada e o decote da amiga colorida, tudo resultado de um mês pleno de esforço, passado no ginásio para esbater os quilinhos ganhos, culpa da vida sedentária, que por sua vez é culpa da chuva.
Portugal tem a sorte, já diz a velha frase, de ter sido «à beira-mar plantado», o que nos permite (até na hora de almoço) passar a alimentação para segundo plano e tentar aproveitar, nem que seja por cinco minutos, aquilo que a nossa costa tem para oferecer.

A venda de marisco aumenta exponencialmente e a cerveja é bebida ‘como se não houvesse amanhã’. Mas há e amanhã nunca saberemos o que vai acontecer, por isso o melhor mesmo é aproveitar e desfrutar do dia-a-dia. Chegou o nosso Verão!l

Sugestões 
Club: KitKat Club (Berlim, 
Alemanha)

Músicas: 
Hey Now (Sasha Remix) 
- London Grammar

Every Night (Original Mix) 
- Lane 8