Politica

Guterres fora de Belém

O mandato de António Guterres como alto-comissário da ONU para os Refugiados vai ser alargado até ao fim deste ano, o que inviabiliza na prática a sua candidatura presidencial. Guterres deveria abandonar o cargo em Junho, mas o secretário-geral da ONU decidiu prolongar o mandato até Dezembro.

Neste momento realizam-se consultas aos governos nacionais no sentido de cumprir as formalidades necessárias para oficializar a decisão, depois de o próprio António Guterres ter aceitado continuar.

Recorde-se que as eleições presidenciais em Portugal terão lugar, em princípio, em Janeiro de 2016, pelo que em Dezembro os candidatos já terão de estar no terreno.

Leia o artigo na íntegra na edição desta sexta-feira do SOL, já nas bancas