Economia

Juros do crédito à habitação voltam a descer em Novembro

A dívida total dos compradores também desceu uma média de 52 euros e fica agora em cerca de 52 euros. 

Os empréstimos para a compra de casa voltaram a ficar mais baratos para os portugueses em Novembro.  Durante este mês assistiu-se a uma queda de 0,006 pontos percentuais na taxa de juro média dos contratos de crédito à habitação, que se situa agora em 1,219% para todos os contratos. Os dados foram revelados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A maior queda verificou-se nos contratos de três meses, com o alívio de 0,45% a levar o valor médio de pagamento para os 2,236%. 

No entanto, apesar desta quebra, os gastos aumentar para uma média de 240 euros, mais do que no mês de Outubro. A subida deveu-se à amortização de valores em falta, que os clientes da banca preferiram devolver para tentar liquidar empréstimos antes do tempo. 

A dívida total dos compradores também desceu uma média de 52 euros e fica agora em cerca de 52 euros. 

sonia.pinto@ionline.pt