Politica

Carlos Carreiras pede a demissão do ministro do Planeamento

“Chega Sr. ministro Pedro Marques. Demita-se. Não está a fazer nada no cargo que ocupa", escreveu o autarca de Cascais, esta segunda-feira, no Facebook

Carlos Carreiras utilizou a sua página de Facebook para pedir a demissão do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques. Em causa está a retirada de verbas para a requalificação EN249-4, que faz a ligação entre o Cemitério de São Domingos de Rana a Trajouce.

“Chega Sr. ministro Pedro Marques. Demita-se. Não está a fazer nada no cargo que ocupa. Não faço ideia do que tem contra os Cascalenses e já chega da sua incompetência com a Linha de Cascais e agora também contra a EN-249-4 ? E localmente o PS e o PCP também votam contra? Mas nem a má vontade e incompetência do Sr. ministro Pedro Marques, nem o PS e o PCP vão conseguir continuar a prejudicar o desenvolvimento do interior do Concelho e em especial a Freguesia de S.D.Rana”, lê-se na publicação desta segunda-feira. Recorde-se que Pedro Marques foi ouvido, esta segunda-feira, numa audição no Parlamento.

O presidente da Câmara de Cascais deixa ainda uma garantia: as obras nesta estrada vão mesmo avançar. Para Carlos Carreiras, o “investimento nesta via é absolutamente necessário e urgente”.

A polémica com a EN249-4 não é recente, como explica o social-democrata. Já o governo de José Sócrates tinha “anulado” este investimento, decisão posteriormente revogada pelo governo PSD/CDS, que deu o aval para se avançar com as obras. “As equipas da C.M.Cascais e das Infraestruturas de Portugal - I.P. começaram a trabalhar nos projetos e acordámos que a Câmara avançaria com os custos da obra e seria ressarcida pela I.P., aproveitando a Câmara para reforçar o investimento a suas custas em áreas que não eram da responsabilidade da I.P. ( …). A IP, ou seja o Governo, colocava essas verbas para serem pagas à C.M.Cascais pelos Orçamentos da IP em 2017 e 2018”, acrescenta. O atual governo, contudo, deu instruções à IP para “tirar a verba dos seus orçamentos”.

Tendo em conta esta situação, a Câmara de Cascais vai avançar com a requalificação da EN249-4, “mesmo não sendo” da responsabilidade da Câmara. 

 

 

Linha de Cascais já tinha gerado polémica

Já no final do mês passado, o autarca tinha recorrido à sua página de Facebook para criticar o governo relativamente à decisão de não investir na linha ferroviária que liga Cascais e Lisboa.

Hoje, voltou ao ataque, acusando o executivo e o ministro de não terem vontade de renovar a Linha de Cascais “porque estão reféns dos complexos ideológicos do BE e do PCP”. O governante afirmou, durante a audição, que não havia dinheiro para investir na Linha de Cascais.

“Para os ressabiados que nada fazem para resolver o problema e apenas me acusam de nada ter feito no anterior Governo, quero deixar claro que esses insistem numa MENTIRA convencidos que por muito que a repitam a tornam em Verdade”, lê-se na publicação.

Carlos Carreiras afirma ainda que tanto o governo como Pedro Marques “se fecharam numa Torre de Marfim”, não se reunindo com as câmaras municipais. “Se o atual ministro dos Transportes mantiver esta sua atitude incompreensível e se demite de resolver o problema grave da Linha de Cascais, o melhor mesmo é demitir-se do Governo. Dada a incapacidade do ministro o assunto agora passa a ter que ser tratado com o Sr. Primeiro-Ministro”.