Sociedade

Desconvocadas greves nos aeroportos

Plenário de trabalhadores aprovou a desconvocação depois de serem dados a conhecer os compromissos assumidos pelo Governo

As greves dos trabalhadores de assistência em terra e da segurança nos aeroportos vão ser desconvocadas, avançou hoje à Agência Lusa o Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava).

A desconvocação das greves, que iria iniciar-se no dia 27 de dezembro, terça-feira, e se arrastava até sexta-feira, foi hoje aprovada em plenário de trabalhadores, após terem sido conhecidos os compromissos assumidos pelo Governo na passada semana.

Em discussão estiveram as reivindicações dos trabalhadores das empresas Groundforce e Portway, que contestam o licenciamento, alegando ser ilegal, da Groundlink e da Ryanair, mas ainda as pretensões dos trabalhadores das empresas de segurança, Prosegur e Securitas, em negociações para um novo Contrato Coletivo de Trabalho com a Associação de Empresas ed Segurança.

Recorde-se que a greve dos trabalhadores da Prosegur e da Securitas estava convocada para os dias 27, 28 e 29 de dezembro e a dos trabalhadores da Groundoforce e da Portway para os dias 28, 29 e 30 de dezembro.