Vida

Manuel Maria Carrilho diz que Bárbara Guimarães “sequestrou” os filhos

Luta pela guarda dos filhos continua em tribunal 


Manuel Maria Carrilho foi novamente ouvido em tribunal no caso de violência doméstica movido pela sua ex-mulher, Bárbara Guimarães.

Na audiência desta segunda-feira, o antigo ministro da Cultura afirmou que, durante a altura da separação, Bárbara Guimarães “sequestrou” os filhos. “Durante três semanas ela sequestrou as crianças. Não me deixou vê-los, nem falar com eles. Construiu um muro entre mim e eles”.

Ainda no tribunal, o ex-marido da apresentadora garantiu que tanto Dinis como Carlota pareciam transtornados depois das semanas com a mãe, “Vinham completamente destabilizados. Foi difícil voltar à normalidade”.