Economia

Dez empresas portuguesas distinguidas como as 'mais inspiradoras da Europa'

Entre as mil empresas eleitas como as mais inspiradoras da Europa estão dez pequenas e médias empresas (PME´s) portuguesas. 

Três destas empresas portuguesas conseguem repetir o resultado obtido em 2016: a Carvalhos, a Iguarivarius e a Vision-Box.  

A iniciativa da London Stock Exchange (LSE) destina-se a premiar as PME´s que registaram maior crescimento nos últimos anos e que, por essa razão, constituem um exemplo de inspiração no panorama europeu.

No relatório de 2017 constam as seguintes companhias portuguesas: a Carvalhos (couros); a Elastron (têxteis), Germano de Sousa - Centro de Medicina Laboratorial (análises clínicas); a Lusiaves (indústria alimentar);  a Socém (indústria); a Sovena (alimentação e agricultura); a Vector Mais (design); a  WIT Software (tecnologia); a Iguarivarius (indústria agroalimentar) e a Vision-Box (tecnologia de segurança).

Alexandre Cavalleri, CEO da Iguarivarius, considera que 'este prémio atribuído à Iguarivarius significa um reconhecimento da sua história de sucesso', nomeadamente por ser considerada uma das maiores empresas exportadoras de produtos alimentares portugueses. Segundo dados da companhia, no último ano a Iguarivarius registou um crescimento de 47,3% do volume de negócios, superando 86 milhões de euros, o que significou um crescimento de 64,1% em comparação com o ano de 2015.

A distinção da LSE foi assinalada com a publicação de um livro com as 1000 empresas mais inspiradoras da Europa, numa cerimónia que decorreu no Parlamento Europeu, em Bruxelas, e foi presidida pelo Vice-Presidente da Comissão Europeia Valdis Dombrovkis e por Xavier Rolet, CEO da London Stock Exchange.