Internacional

António Costa propõe que Brasil e Índia tenham lugar permanente no Conselho de Segurança da ONU

O primeiro-ministro discursou pela primeira vez nas Nações Unidas.

António Costa propôs, na sua primeira intervenção na Assembleia Geral das Nações Unidas, que o Brasil e a Índia fizessem parte do Conselho de Segurança.

Além disso, Costa disse ainda que “o continente africano não pode deixar de ter uma presença permanente” no Conselho de Segurança da organização.

“Portugal condena firme e inequivocamente todos os atos terroristas; sublinha a importância da vertente da prevenção e da luta contra a radicalização, o extremismo violento e o recrutamento; e participa ativamente no combate ao terrorismo, designadamente no quadro da Coligação Global contra o Daesh, congratulando-se com os sucessos militares conseguidos no Iraque, ao longo do último ano”, afirmou António Costa.