Cultura

Realizador James Toback acusado de assédio sexual

O realizador prometia torná-las em estrelas de cinema

Depois de várias mulheres terem denunciado Harvey Weinstein por assédio e abuso sexual, outras dezenas vieram a público denunciar James Toback, um argumentista e realizador de cinema.

Na sequência do caso do produtor, 38 mulheres contaram ao jornal Los Angeles Times que sofreram de assédio sexual por parte de James Toback. O realizador na maior parte dos casos chamava as mulheres até ao seu quarto de hotel.

De acordo com o jornal, Toback escolhia “normalmente raparigas na casa dos vinte anos, algumas estudantes do ensino secundário, outras universitárias”. O realizador abordava as mulheres na rua, com promessas de que as ia tornar em estrelas de cinema. No entanto, afirmava que primeiro era necessário conhecê-las intimamente e que “fazia tudo parte do processo”.

Louise Post, vocalista e guitarrista de Veruca Salt e a Adrienne LaValley, atriz que participou na série ‘Quantico’, alegaram ser vítimas do realizador. Contudo, James Toback já veio negar todas as acusações, dizendo que não conhece as mulheres.

Nas últimas semanas, cerca de 40 mulheres assumiram publicamente terem sido vítimas de abuso e assédio sexual por parte do produtor Harvey Weinstein.