Sociedade

Pernil de porco não seguiu para a Venezuela por falta de pagamento

Nicolás Maduro acusou Portugal de sabotar a entrega dos pernis.

O Público avança que os pernis de porco não seguiram para a Venezuela devido à falta de pagamento.

A Raporal, uma das empresas que exportam pernil de porco para a Venezuela, revelou que o país tem uma dívida de mais de 40 milhões de euros às empresas que fornecem o produto.

Nicolás Maduro, Presidente venezuelano, tinha acusado Portugal de sabotar a entrega de pernis no país sul-americano.