Vida

Restaurantes processados por venderem água mineral que afinal era da torneira

A empresa responsável processou dois estabelecimentos de restauração, por utilizarem as suas garrafas para venderem aos clientes água da torneira.
 

Dois restaurantes da Bélgica estão a ser alvo de processos judiciais, por venderem aos seus clientes água da torneira como se fosse água mineral.

Segundo escreve o The Guardian, os restaurantes em questão  utilizaram as garrafas da Val  - uma água mineral premiada na Bélgica, que é conhecida pelo seu processo de purificação natural.

O autor do processo é o próprio fabricante da água, a empresa Haacht, que descobriu o que estava a ser feitos nestes estabelecimentos de restauração, com recurso a investigadores que analisaram as águas vendidas.

Tudo isto porque os restaurantes tinham um acordo de fornecimento de água com a empresa, mas de repente o pedido de garrafas começou a diminuir.

A Haacht pede agora que o acordo termine.