Sociedade

Atribuição de subsídios a famílias com filhos em escolas privadas gera discórdia

A mudança das regras de atribuição de subsídios pode por em causa o apoio a alguns alunos.

A Direção Geral da Administração Escolar (DGAE) terá proposto mudanças nas regras de atribuição de subsídios às famílias com filhos nas escolas privadas, escreve esta quarta-feira o Observador.

De acordo com um diretor de uma escola privada de Lisboa ouvido pelo Observador, o estabelecimento de ensino recebeu uma nota da DGAES que dava conta das mudanças. Uma das mudanças passaria por um teto máximo da contrapartida financeira a atribuir aos alunos das escolas privadas que não poderia ultrapassar o valor do ano anterior.

O Estado vai acabar por entregar menos 7 mil euros para os alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclo.

O Ministério da Educação diz não ter registado nenhuma alteração na legislação relativa a estes contratos.