Desporto

Cristiano Ronaldo aconselhado a declarar-se como culpado de fraude fiscal

O advogado de Ronaldo, José Antonio Choclán, aconselhou o português a tentar chegar a acordo com a Justiça espanhola. Caso contrário, terá de pagar uma indemnização superior a 25 milhões de euros.

Segundo avança o jornal espanhol As, a possibilidade de Cristiano Ronaldo se declarar como culpado de fraude fiscal partiu do seu advogado, José Antonio Choclán, que quer ver este assunto encerado, chegando a acordo com o Ministério das Finanças.

O objetivo passa por evitar que o internacional português pague uma indemnização superior a mais de 25 milhões de euros, escreve a mesma publicação.

Recorde-se que, o Real Madrid sempre demonstrou o seu apoio pelo português, mas já afirmou que não irá pagar qualquer indemnização que possa ser exigida pela Justiça espanhola.