Internacional

Ex-Presidente da Coreia do Sul condenada a 24 anos de prisão

Park Geun-hye culpada é culpada de crimes de corrupção, abuso de poder e coerção

A ex-Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, foi esta sexta-feira condenada a 24 anos de prisão, depois de ser considerada culpada de crimes de corrupção, abuso de poder e coerção, avança a Reuters.

O tribunal considera e deu como provado que a antiga governante agiu em concluio com Choi Soon-sil, de forma a receber milhões de won vindos de grandes empresas sul-coreanas, como é o caso da Samsung e da Lotte.

Park Geun-hye tem 66 anos e, apesar de ser considerada culpada, nega qualquer ato de corrupção e não esteve presente no tribunal.