Sociedade

João Lourenço diz que tem “vontade de seguir em frente com a cooperação” com Portugal

"Felicitámo-nos pelo feliz desfecho do caso e reiterámos a vontade de seguir em frente com a cooperação entre os nossos dois países”

O presidente de Angola ficou contente com a decisão do Tribunal de Relação, que ontem disse que o processo de Manuel Vicente seguirá para Angola.

João Lourenço, presidente da Angola, utilizou o seu Twitter para expressar o seu agrado com a decisão do Tribunal de Relação e referiu que a cooperação entre Portugal e Angola é para continuar.

“Conversei na manhã de hoje com o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa na sequência da decisão do Tribunal da Relação de Lisboa. Felicitámo-nos pelo feliz desfecho do caso e reiterámos a vontade de seguir em frente com a cooperação entre os nossos dois países”, escreveu João Lourenço no Twitter.

Na quinta-feira, o Tribunal da Relação decidiu enviar o processo relativo a Manuel Vicente, ex-vice-presidente de Angola para Luanda.

Recorde-se, que no âmbito do caso Fizz, Manuel Vicente é acusado de ter pagado a Orlando Figueira, ex-procurador do DCIAP, para arquivar os inquéritos em que este estava envolvido, relativamente à aquisição de um imóvel de luxo no edifício Estoril-Sol.