Sociedade

GNR detém 409 pessoas numa semana

Condução sob o efeito de álcool foi a principal causa das detenções

Entre 3 e 9 de agosto a GNR deteve 409 pessoas em flagrante delito, 179 das quais eram indivíduos que conduziam sob o efeito de álcool. Foram ainda detidos 47 pessoas por tráfico de droga e apreendidas mais de duas mil doses.

78 pessoas conduziam sem carta de condução e 11 estavam na posse ilegal de armas. Foram ainda detidas seis pessoas por violência doméstica, três por ofensas à integridade física, outras três por ameaças e duas por homicídio.

No que toca a apreensões, foram recolhidas pela GNR 1.299 doses de haxixe, 313 de cocaína, 270 de anfetaminas e 221 doses de heroína. Foram ainda encontradas 11 armas brancas, 19 veículos, 5.240 artigos contrafeitos, 37 répteis e 1.507 quilos de bivalves.

A operação incluiu ainda a fiscalização do trânsito, tendo sido registadas 9.146 infrações. A maior parte das infrações está relacionada com o excesso de velocidade (3.830), seguida da condução com álcool no sangue acima do limite permitido (469), falta de inspeção periódica obrigatória (414), falta ou incorreta utilização do sinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças (350) e, por último, uso indevido do telemóvel (269).

Os números foram anunciados esta sexta-feira pela GNR.