Politica

PSD nega que Rio tenha dito que "nunca deixa cair os amigos"

Encontro à porta fechada com militantes de Viseu para falar do Orçamento de 2019 gerou polémica

O PSD nega que o presidente social-democrata tenha dito que "nunca deixa cair os amigos" num encontro à porta fechada com militantes em Viseu, na passada segunda-feira. A alusão teria sido feita em relação ao secretário-geral José Silvano, depois da polémica com o uso da sua password para validar presenças nas reuniões plenárias da Assembleia da República, quando se encontrava ausente do parlamento.

Segundo o PSD, Rui Rio afirmou aos militantes de Viseu "que a falta de cumprimento dos princípios éticos não é aproveitar-se oportunisticamente da condenação mediática de alguém, mas sim ter a coragem de ser justo na apreciação dos factos. Rui Rio chegou mesmo a dizer que seria “um canalha” se se aproveitasse da fragilidade de terceiros para defesa cobarde da sua própria imagem", frisa-se num comunicado enviado às redações na sequência de uma notícia da Lusa.

A direção social-democrata assegura também que os militantes de Viseu, presentes no encontro, perceberam e "aceitaram" as explicações de José Silvano e o "exagero que foi dado a este caso". Na passada sexta-feira a deputada Emília Cerqueira assumiu que foi ela quem introduziu a password do dirigente nacional, porque tinha acesso à senha do deputado como de outros colegas de bancada. E que validou a presença de José Silvano, em pelo menos uma sessão plenária, "inadvertidamente".