Economia

Mário Centeno considerado o ministro das Finanças do ano

"A maratona de negociações que envolveu os ministros das finanças da zona do euro no início de dezembro terminou com as reformas mais significativas para os países da moeda única desde a crise da dívida". 

Mário Centeno foi eleito o ministro das Finanças do ano 2019 pela publicação The Banker - revista que se dedica a assuntos económicos mundiais -, que pertence ao grupo Financial Times. 

O governante foi distinguido pelo papel essencial que teve ao longo das negociações para a reforma da zona euro, enquanto presidente do Eurogrupo e, além disso, pelo seu trabalho como ministro das Finanças de Portugal.

“O ministro das Finanças português, Mário Centeno, pode recordar os seus primeiros 12 meses como presidente do Eurogrupo, com uma satisfação merecida. A maratona de negociações que envolveu os ministros das finanças da zona do euro no início de dezembro terminou com as reformas mais significativas para os países da moeda única desde a crise da dívida. O acordo foi alcançado em várias questões baseadas na prevenção e gestão de futuras crises financeiras”, pode ler-se no texto publicado pela The Banker.