Tecnologia

Alerta CNCS. Telefonemas falsos em nome de empresas são cada vez “mais comuns”

Especialista em cibersegurança deixou alerta esta sexta-feira

O Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) comunicou ontem, quinta-feira, que se tem "vindo a notar um aumento de telefonemas em nome da empresa Microsoft" com "a intenção de roubar informações e/ou cifrar o conteúdo das máquinas, exigindo um resgate".

Face a este comunicado, o especialista em cibersegurança, Fábio Assolini, em declarações à Agência Lusa, disse que este tipo de ataques é “bastante comum” na Europa, bem como nos Estados Unidos da América e na América Latina.

Os ataques são, segundo o mesmo especialista, com base "em engenharia social, ou seja, alguém se apresenta como funcionário e tenta enganar, para que aceda a determinado 'site', ou diz que há algum problema no computador, e pede que faça alguns passos para resolver o suposto problema, mas tudo isso é falso", disse.

Já no que diz respeito a ataques a empresas, geralmente os hackers dizem ser "funcionários de um banco" no qual essa empresa em questão possui conta e, posteriormente, pedem para "falar com o diretor financeiro da empresa, e vão dizer que há problemas nas contas da empresa, e pedir para que aceda a um 'site' para resolver o problema".

Ontem, o CNCS deixou um apelo, caso seja vítima deste tipo de ataque: “não deve dar resposta a género de contacto e, muito menos, fornecer qualquer tipo de dado pessoal. É também recomendável que faça sempre queixa às autoridades competentes", recomenda.