Economia

Aprovado salário mínimo de 615 euros na Madeira

Sublinhe-se que o salário mínimo em Portugal continental é de 600 euros, enquanto nos Açores o valor está fixado nos 630 euros

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou, esta quarta-feira, o Decreto Legislativo Regional que aumenta o salário mínimo na região, fixando-o nos 615 euros mensais, mais 23 euros do que o valor anterior.

A nova retribuição mínima mensal tem efeitos a partir de 1 de janeiro, ou seja será aplicada já este mês.

"Este novo valor representa um aumento de 3,9% (mais 23 euros) relativamente ao valor definido para a região em 2018 [592 euros]", disse a secretária regional da Inclusão e dos Assuntos Sociais, frisando que os 615 euros representam "um aumento percentual de 2,5% em relação ao que vigora no continente português".

Rita Andrade fez ainda questão de sublinhar que quando o atual governo tomou posse, em 2015, “o Salário Mínimo Regional era de 515 euros e que, com o presente aumento para 2019, representa um aumento líquido de 100 euros”.

O diploma foi aprovado pelos deputados do PSD, CDS-PP, JPP, PS e BE e teve a abstenção do PCP, PTP e do deputado não inscrito.

Sublinhe-se que o salário mínimo em Portugal continental é de 600 euros, enquanto nos Açores o valor está fixado nos 630 euros.