Sociedade

Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros suspende greve cirúrgica

ASPE pede para que a greve nos blocos operatórios seja suspensa de imediato.

DR
Diana Tinoco
João Girão
João Girão

Depois de a Procuradoria-Geral da República (PGR) ter considerado que a greve dos enfermeiros é ilegal por não corresponder ao pré-aviso, a Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE), pediu que a greve em blocos operatórios seja imediatamente suspensa.

Em direto no vídeo publicado no Facebook, a presidente da ASPE, Lúcia Leite, pede que os enfermeiros que têm aderido à greve cirúrgica "suspendam imediatamente a greve", mas que "não abandonem a luta".

"Entendemos que não é o caminho para os enfermeiros entrarem em batalhas judiciais desta natureza", afirmou a responsável, após conhecer o parecer do conselho consultivo da PGR.