Politica

Europeias. Mota Amaral fora da lista do PSD

Oitavo lugar na lista do PSD para as Europeias coloca antigo presidente do Parlamento fora da corrida. PSD/Açores não aceitou proposta na primeira abordagem da direção nacional

O antigo presidente do Parlamento Mota Amaral não aceitará ficar no oitavo lugar da lista do PSD para as eleições europeias. A primeira abordagem da direção nacional ao PSD/Açores não correu da melhor forma para preparar a lista.

Mota Amaral não aceita ir em oitavo lugar, mas apenas nos primeiros seis, ou seja em lugar elegível. A informação foi avançada por uma fonte social-democrata, citada pela Lusa. Tal como o SOL já tinha avançado, Rui Rio começou a sua sondagem interna, para elaborar a lista, nos Açores. Ao i, Mota Amaral não quis tecer qualquer comentário, remetendo  todo e qualquer esclarecimento para o presidente do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio. No ínicio desta semana a RTP/Açores já dava conta que a solução pensada pela direção nacional seria a de uma posição em lugar não elegível para o também antigo líder regional açoriano.