Desporto

Liga dos Campeões. A lei de Murphy aplicada ao extremo no Real Madrid

A somar ao desastre caseiro frente ao Ajax, os merengues perderam Vinícius Júnior por vários meses, levaram "bocas" da mulher de Marcelo e até Courtois, a única contratação sonante desta temporada, foi arrasado pelos adeptos: "Nem um táxi consegues apanhar!"

O Real Madrid viveu uma noite de autêntico pesadelo nesta terça-feira, ao sair derrotado da receção ao Ajax (1-4) e assim cair nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões (pela primeira vez em nove anos), mas as más notícias prolongaram-se para o dia seguinte.

Desde logo pela confirmação da extensão da lesão sofrida por Vinícius Júnior, que foi substituído logo na primeira parte: o avançado brasileiro de apenas 18 anos sofreu uma "rutura ligamentar da articulação tibiofibular da perna direita" e deverá ficar afastado dos relvados por um período mínimo de dois meses. O mais certo, todavia, será regressar apenas na próxima temporada.

 

 

Depois, há Marcelo. Ou, neste caso, a sua esposa: na sua conta de Instagram, Clarice Alves fez uma publicação com algumas mensagens claramente dirigidas à direção/equipa técnica merengue, aludindo ao facto de o marido ter perdido a titularidade esta temporada e desejar, ao que tudo indica, abandonar o clube no fim da época. "Quando alguém te trata como se fosses apenas uma de muitas opções, ajuda-o a reduzir a escolha eliminando-te da equação. Às vezes é preciso tentar não nos preocuparmos tanto, por mais que nos preocupemos, porque por vezes podes significar praticamente nada para alguém que significa muito para ti. Não esperes ver mudanças positivas se estás rodeado de pessoas negativas. Nunca te satisfaças como menos do que mereces", pode ler-se na publicação partilhada pela mulher do internacional brasileiro.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Actress (@claricealves) on

 

Por último, Courtois. O reforço mais caro da temporada para os merengues ainda não convenceu minimamente na baliza do Real e foi um dos jogadores mais apupados pelos adeptos à saída do Bernabéu, ainda na noite de ontem. "Não páras nem um táxi! Vai para o Atlético [de Madrid]", numa referência às três temporadas que o guarda-redes belga passou no maior rival dos blancos, entre 2011 e 2014.

Veja aqui: