Internacional

Explosões e troca de tiros entre soldados e suspeitos de ataques no Sri Lanka

Não há ainda informações sobre a existência ou não de vítimas

Soldados do exército do Sri Lanka envolveram-se, esta sexta-feira, num tiroteio com suspeitos dos ataques a igrejas e hotéis levados a cabo no passado domingo de Páscoa, dia 21 de abril.

Além da troca de tiros houve ainda registo de três explosões, segundo a Sky News. Sublinhe-se que o tiroteio ocorreu durante um dos vários raids que as autoridades têm realizado no país, após o atentado que matou pelo menos 253 pessoas, incluindo um português.

Um porta-voz do exército, citado pela Reuters, adiantou que a troca de tiros aconteceu na cidade de Ampara Sainthamaruthu, perto de Batticaloa.

Os soldados foram ao local depois de se ter registado uma explosão, quando chegaram foram "recebidos" com tiros.

Não há ainda informações sobre a existência ou não de vítimas.

Sublinhe-se que as forças de segurança e os militares têm realizado raids em vários pontos do país na tentativa de localizar cúmplices dos bombistas-suicidas, na sequência de o daesh ter reinvidicado os ataques.