Sociedade

GNR apela aos seguidores no Facebook que não divulguem local das operações STOP

Apelo foi feito nas redes sociais

Através de uma publicação feita na sua página do Facebook, a GNR apela a todos os cidadãos que não divulguem nas redes sociais os locais onde estão as patrulhas preparadas para realizar operações STOP, alegando que “se divulgar pode colocar em causa segurança de terceiros”.

No entanto, a publicação desta força de autoridade não agradou aos utilizadores, que rapidamente se manifestara no Facebook: "Não escondam radares atrás de árvores e pilares e especialmente em zonas de 100 km/h nas autoestradas e já ninguém vos denuncia”, lê-se numa publicação feita por um dos utilizadores.

Ainda assim, há quem concorde com o pedido da GNR. "Quando alguém da família morrer por causa de alguém que não está habilitado legalmente a conduzir vão chorar a dizer que a GNR não faz o trabalho que devia".