Sociedade

Homem detido em Santa Maria da Feira por ter voltado a roubar carro à saída do tribunal

O homem de 38 anos foi detido primeiramente por ter roubado um veículo de uma empresa mas acabou por ser libertado no dia seguinte. Esta terça-feira, foi apanhado com um carro e uma mota furtados em sua posse e mais uma vez foi libertado por decisão do tribunal.

Um homem foi detido por ter cometido exatamente o mesmo crime pela segunda vez, à saída do tribunal de Santa Maria da Feira, onde respondia pelo furto do primeiro automóvel. Daniel Crispim foi detido pela terceira vez no espaço de um mês e o juiz decidiu, desta vez, aplicar a medida de coação mais grave, a prisão preventiva.

O homem de 38 anos foi detido primeiramente por ter roubado um veículo de uma empresa mas acabou por ser libertado no dia seguinte. Esta terça-feira foi apanhado com um carro e uma mota furtados em sua posse e mais uma vez foi libertado por decisão do tribunal.

Desta vez, Daniel não esperou tanto tempo para voltar a cometer o mesmo ato criminoso. À saída do tribunal decidiu voltar a furtar um automóvel e desta vez, obrigou a condutora a permanecer no carro, a filha do ex-presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Alfredo Henriques.

"Após ser presente a Tribunal e ter abandonado as instalações, adotou uma postura suspeita, levando os militares a fazerem um seguimento ao mesmo. O suspeito, ao avistar um veículo com uma mulher no seu interior, entrou de imediato no mesmo, no intuito de o furtar, não permitindo que esta saísse do referido veículo", explicou a GNR, em comunicado.

As autoridades abordaram Daniel mas este iniciou a marcha e obrigou a vítima a permanecer consigo dentro do veículo. O confronto com a mulher acabou por fazer o carro colidir com outra viatura que se encontrava estacionada, antes das autoridades deterem o criminoso. 

O homem de 38 anos é suspeito de cometer mais de 200 crimes, como furtos, roubos e falsificações de matrículas.