Sociedade

Ministro determina reforço de grau de prontidão em caso de incêndio

Governante assinou um aditamento ao despacho de situação de alerta especial 

Face ao nível de alerta para incêndios, Eduardo Cabrita determinou esta quarta-feira um aumento do grau de prontidão e mobilização de equipas de emergência.

O ministro da Administração Interna assinou um aditamento ao despacho de situação de alerta especial em todo o território continental para o período compreendido entre as 00h00 de hoje e as 23h59 de domingo.

Também o nível de prontidão das equipas de resposta das entidade"com especial dever de cooperação" nas comunicações de redes fixas e móveis, bem como na energia (transporte e distribuição) vai ser aumentado.

Os trabalhadores do serviço público que desempenhem também as funções de bombeiro voluntário são dispensados do serviço, com exceção dos que desempenhem funções em serviço público de prestação de cuidados de saúde em situações de emergência, nomeadamente técnicos de emergência pré-hospitalar e enfermeiros do Instituto Nacional de Emergência Médica e de forças de segurança.

O mesmo acontece no setor privado, nos distritos em que tenha sido declarado o Estado de Alerta Especial de Nível Vermelho pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Recorde-se que A ANEPC emitiu esta terça-feira um alerta vermelho para 13 distritos do centro e norte do país, devido às temperaturas elevadas previstas para os próximos dias e risco agravado de incêndios.