Desporto

Ibrahimovic: "Quero ver onde estará Ronaldo aos 38 anos"

Avançado sueco ressalva, ainda assim, ter um "profundo respeito" pelo internacional português

Zlatan a ser Zlatan. Em entrevista concedida à publicação italiana "La Gazzetta dello Sport", o avançado sueco, que aos 38 anos vai brilhando na liga dos Estados Unidos, ao serviço dos LA Galaxy, respondeu bem ao seu estilo quando questionado sobre a sua opinião em relação a personalidades do mundo do futebol como Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, José Mourinho e Pep Guardiola.

"Ronaldo? Vamos ver quando ele tiver a minha idade. Aos 35 anos eu estava no Manchester United, na Premier League. Não foi fácil, mas na primeira temporada conquistámos três troféus, contrariando todas as previsões: ele nem consegue imaginar quantos inimigos entraram na carruagem do Ibra", atirou Ibrahimovic, deixando, ainda assim, uma ressalva: "Tenho um profundo respeito pelo Cristiano. Ele trabalha duro e já jogou em todo o lado, mesmo que em Itália seja diferente: não me surpreende que ele tenha marcado menos do que no passado".

Já depois de frisar não acreditar que Messi alguma vez vá sair do Barcelona - "O que dizer mais? Ele tem um talento único e está em casa. Para mim, ele nunca mudará de equipa" -, Ibra falou ainda de José Mourinho, que o orientou no Inter de Milão e no Manchester United. "Ainda é o Special One, um vencedor. Espero que volte rapidamente ao banco, porque tenho a certeza de que ele irá vencer no imediato", salientou o internacional sueco, voltando a deixar bem patente a sua má relação com Pep Guardiola: "Nunca tivemos um desentendimento porque, quando nos cruzávamos, ele escondia-se. Esperava que eu passasse e depois é que saía do balneário. Como treinador, ele é um fenómeno, mas como homem ...", sentenciou.