Vida

José Castelo Branco acusado de roubar perfume no aeroporto de Lisboa

O socialite encontra-se detido e impedido de voar rumo a Nova Iorque. 

José Castelo Branco foi acusado de estar a roubar um perfume numa loja no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa e encontra-se impedido embarcar no voo rumo a Nova Iorque.

Foi o socialite que denunciou a situação, através da sua conta oficial de Instagram,  onde criticou a atitude dos seguranças do aeroporto e diz estar a ser acusado injustamente.

"Estou aqui parado no aeroporto porque a menina onde eu ia pôr perfume da Dior foi chamar a segurança para ficar famosa. A pindérica disse que eu estava a roubar. Agora estou aqui. Imagina a passar por ladra", disse, através de um vídeo onde mostra a segurança. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Haute Couture Queen (@jose_castelo_branco) on