Politica

Marcelo. Presidente fez 71 anos e teve agenda cheia

Em 2020, Presidente quer estar em condições para decidir se é recandidato.

O Presidente da República completou esta quinta-feira 71 anos. Marcelo Rebelo de Sousa teve agenda cheia com uma ida ao Natal dos Hospitais da RTP , mas antes ainda prestou declarações à TVI24 para explicar a agenda do dia, falar das prendas e dos votos (políticos) para 2020. 
Marcelo Rebelo de Sousa espera que o próximo ano permita aos portugueses “melhorarem as suas condições de vida” e consiga fazer as viagens todas que tem programadas como Chefe de Estado. Há já uma prevista para a Índia. Mais, o Presidente espera estar também em condições “de poder escolher livremente” se é ou não candidato a mais um mandato de cinco anos. A decisão deverá estar tomada até outubro, mas há quem já tenha admitido que Marcelo vai a jogo para mais cinco anos. 
Em relação à rotina do aniversariante, Marcelo começou por explicar à TVI24, à porta de casa (e ao volante do seu carro), que o dia começou quase na véspera com chamadas dos netos que vivem no estrangeiro a “desoras”, com a alegria de ter o neto mais velho – Francisco– em Lisboa e a dar um passeio matinal. Saiu por outra porta para “fintar” jornalistas que o aguardavam cá fora junto à sua residência em Cascais.

 Mais tarde, Marcelo seguiu para o Natal dos Hospitais, em Alcoitão, onde assinalou ser uma “honra” a ali estar. “ Daqui a cinco anos estão cá os netos todos. Isto é assim, parece a execução de um programa de governo”. declarou, citado pela RTP.  Depois esteve com piloto Miguel Oliveira e recebeu Braima Dabó. Que ganhou o prémio internacional de Fairplay.

O dia fecha com um jantar em família e prendas: lenços, um pullover e gravatas. O ano foi um “bocadinho cansativo”, com um cateterismo feito há meses, mas Marcelo ainda irá ao estrangeiro este mês para estar com tropas portuguesas. O pedido de assentimento já está no Parlamento. Só não foram divulgados o local, nem as datas, por razões de segurança.