Politica

OE2020. Verdes também vão abster-se

Documento vai ser aprovado na votação na generalidade

Sem surpresas, os Verdes anunciaram esta quinta-feira que irão abster-se na votação na generalidade do Orçamento do Estado para 2020. Esta posição já tinha sido assumida pelo PCP, PAN e BE, permitindo assim a viabilização do documento.

"Os Verdes consideram que a tal continuidade deste OE não tem tanto a ver com o conteúdo mas com a forma como Governo continua a olhar para as contas do défice, agora com a agravante de estarmos perante um cenário de excedente orçamental", afirmou José Luís Ferreira.

"Ou seja, havendo margem e disponibilidade financeira para uma real valorização dos salários e das pensões e para investir nos serviços públicos que continuam pelas ruas da amargura (...) a até para encarar o desafio ambiental, o PS prefere fazer bonito a Bruxelas em vez de dar resposta efetiva aos problemas reais do país", acrescentou o deputado do PEV, explicando que o partido vai abster-se “dando assim uma oportunidade ao PS para refletir".

O documento será votado na generalidade na próxima sexta-feira. José Luís Ferreira  fez questão de salvaguardar que "a abstenção na generalidade em nada compromete o sentido de voto dos Verdes no que diz respeito à votação final global".