Politica

Montenegro pede abertura de inquérito a "votos ilegais" de militantes a favor de Rui Rio

A candidatura de Montenegro afirma que “o candidato Rui Rio está permanentemente a falar de ética relativamente aos outros” no entanto “pactua com comportamentos inaceitáveis em benefício da sua candidatura”.

Depois de ter sido noticiado pelo Observador que vários militantes votaram sem sair de casa, a favor de Rui Rio, o atual presidente do PSD, a candidatura de Luís Montenegro solicitou “de imediato a abertura de um inquérito por parte do Conselho de Jurisdição Nacional” para apurar a veracidade da notícia, e que caso seja verdade, sejam declarados “inválidos os votos” na secção de Freixo de Espada a Cinta.

No comunicado enviado às redações, a candidatura de Montenegro afirma que “o candidato Rui Rio está permanentemente a falar de ética relativamente aos outros” no entanto “pactua com comportamentos inaceitáveis em benefício da sua candidatura”.

Luís Montenegro e Rui Rio disputam a 2.ª volta das eleições diretas para escolher o presidente do PSD no próximo sábado. Na 1.ª volta Rio venceu, com 49,02% dos votos e Montenegro com 41,42%