Sociedade

Ministério Público vai analisar informação do caso Luanda Leaks

PGR garante que "dará seguimento aos pedidos de cooperação judiciária internacional que lhe sejam dirigidos”.

O Ministério Público (MP) revelou, esta segunda-feira, que vai analisar a informação tornada pública no âmbito do caso Luanda Leaks, uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, onde foram analisados 715 mil documentos que mostram esquemas financeiros feitos alegadamente por parte de Isabel dos Santos.

"O Ministério Público não deixará de analisar toda a informação que tem vindo a público e de desencadear os procedimentos adequados no âmbito das suas atribuições", refere a Procuradoria-Geral da República (PGR), numa nota citada pela agência Lusa, garantido ainda que "dará seguimento aos pedidos de cooperação judiciária internacional que lhe sejam dirigidos”.

A PGR acrescenta ainda que "mantém uma estreita colaboração com a sua congénere angolana, tendo renovado em 26 de abril de 2019 o Acordo Adicional ao Acordo de Cooperação com a Procuradoria-Geral da República de Angola".