Sociedade

Ventura é candidato contra Marcelo

«Marcelo já não representa a Direita» e «vendeu-se ao sistema» são críticas diretas que o líder do Chega dirige ao PR na mensagem em que justifica o seu avanço. 

André Ventura comunicou ontem ao final da tarde a todos os membros da direção do Chega que vai ser mesmo candidato às Presidenciais de 2021, contra Marcelo Rebelo de Sousa, apurou o SOL. Ventura põe assim termo à discussão interna sobre quem deveria ser o candidato do partido.

Na mensagem que enviou a todos os dirigentes do Chega, Ventura explica as razões que o levaram a decidir-se a avançar com a candidatura – deixando claro que será ele próprio a protagonizá-la – e pede sigilo absoluto até ao dia 1 de março, data em que fará o anúncio formal, numa cerimónia agendada para Portalegre. «Marcelo já não representa a Direita» e «vendeu-se ao sistema» são críticas diretas que o líder do Chega dirige ao PR na mensagem em que justifica o seu avanço. Além disso, invoca ainda o facto de Marcelo ter ficado «calado» perante tudo o que se disse sobre o parecer da PGR indiciador de que «vão acabar as investigações a políticos».