Politica

Líder do CDS defende que UE e Governos devem conjugar esforços para produzir ventiladores

"Exige-se que os Governos dos Estados Membros e a Comissão Europeia conjuguem esforços no sentido de mobilizar a indústria para produção de ventiladores e outros equipamentos de proteção individual".

Face às inúmeras notícias que dão conta de falta de equipamento médico um pouco por toda a Europa para combater a pandemia de covid-19, Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS, defendeu que a União Europeia e Governos deviam conjugar esforços para promover a produção de ventiladores e outro material necessário.

"Exige-se que os Governos dos Estados Membros e a Comissão Europeia conjuguem esforços no sentido de mobilizar a indústria para produção de ventiladores e outros equipamentos de proteção individual, de modo a que ninguém tenha que escolher que vida quer salvar", afirmou Francisco Rodrigo dos Santos numa publicação divulgada nas redes sociais. 

O líder do CDS mostrou-se particularmente sensibilizado com a notícia que dava conta de um padre italiano, de 72 anos, que estava infetado pelo novo coronavírus e que morreu depois de ter recusado um ventilador para ajudar os mais jovens.

"Um testemunho de Santidade que marca a humanidade em tempos de emergência social", realçou Francisco Rodrigues dos Santos.