Sociedade

Câmara remove grafittis em Lisboa

Há "espaços dedicados à arte urbana", diz CML

 


A Câmara Municipal de Lisboa (CML) continua os trabalhos de remoção de grafittis na cidade.

Na sua página de Facebook, a CML mostra imagens do 'antes' e 'depois' de um local da cidade e relembra que "há espaços dedicados à arte urbana".

"Prosseguem os trabalhos de remoção de tags em #Lisboa", pode ler-se na publicação feita nas redes.

"Na cidade existem espaços dedicados à arte urbana, onde qualquer artista pode aceder livremente e dar asas à sua imaginação, sem vandalizar o espaço público que é de todos", acrescenta. 

A Galeria de Arte Urbana (GAU) da CML dá ainda conta dos espaços onde qualquer artista pode aceder livremente e outros aos quais os artistas se podem candidatar, apresentando o seu portfolio /projecto, nomeadamente no Largo da Oliveirinha (junto à Calçada da Glória), na Calçada da Glória (junto ao miradouro de S. Pedro de Alcântara) e Projeto 'Reciclar o Olhar' – Intervenção artística em vidrões - sempre que a GAU abre concurso.

De recordar que a GAU "lança periodicamente concursos para execução de peças de arte urbana" e que "também é possível intervir em novos locais, mediante apresentação de projecto de reconhecido interesse para a cidade, que será analisado caso a caso".