Sociedade

Ministério Público confirma estar a investigar descarrilamento de Alfa Pendular em Soure

Também a Infraestruturas de Portugal já tinha confirmado que tinha aberto uma investigação interna relativa ao acidente. 

O Ministério Público confirmou, esta terça-feira, ter aberto uma investigação ao descarrilamento do comboio Alfa Pendular, em Soure, na passada sexta-feira, que provocou dois mortos, oito feridos graves e 36 feridos ligeiros, segundo declarações da Procuradoria-Geral da República (PGR) à agência Lusa. 

Segundo a PGR, o inquérito foi aberto na primeira secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra e a investigação está a ser feita juntamente com a Polícia Judiciária. Também a Infraestruturas de Portugal já tinha confirmado que tinha aberto uma investigação interna relativa ao acidente. 

Recorde-se que durante a viagem, com destino a Braga, o comboio embateu com uma máquina de trabalho, um veículo de conservação de catenária, no qual seguiam duas pessoas -  duas das vítimas mortais. A máquina terá passado um sinal vermelho e acabou por ser alboroada pelo comboio Alfa Pendular.