Economia

Altice com novos investimentos nos Açores

No próximo ano, Altice Portugal prevê investir nove milhões de euros na instalação de redes de fibra ótica nas várias ilhas açorianas.

Na sua mais recente incursão ao território e desta vez com destino ao arquipélago dos Açores, a Altice Portugal voltou a ser protagonista de um investimento de vários milhões de euros, assinalado pela inauguração do novo polo Altice Labs Açores, inserido no projeto Terceira Tech Island, e pela expansão da sua rede de fibra ótica e modernização da rede móvel. 

Quanto ao novo polo, a operadora dá mais um passo no âmbito do movimento de descentralização dos laboratórios Altice Labs. O novo laboratório na Praia da Vitória conta já com um total de onze colaboradores.

Este projeto nasce de uma forte ambição de levar a inovação, a tecnologia e o empreendedorismo a todos os cantos do país, chegando assim à Ilha Terceira. Trata-se de uma nova plataforma de inovação aberta, que contará com uma rede local de parceiros tecnológicos e científicos onde se inserem a academia, empresas e entidades locais que possam acrescentar valor aos produtos e soluções desenvolvidos e exportados pela Altice Labs para mais de 60 países nos cinco continentes.

Além de ser parte integrante do projeto Terceira Tech Island, a Altice Labs conta ainda com a parceria do Nonagon - Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, onde tem vindo a prestar mentoria a diversas startups, impulsionando o seu amadurecimento e aproximação ao mercado. 

Também o Azores Digital Hub se assume enquanto parceiro estratégico da Altice Labs nos Açores, num projeto coordenado pelo Nonagon em estreita articulação com a direção regional de ciência e tecnologia. Esta plataforma procura providenciar expertise tecnológica e infraestruturas com vista à experimentação, fomentando a transformação digital nos vários setores económicos. 

Expansão e modernização das redes

No âmbito do projeto de infraestruturação do país levado a cabo pela Altice Portugal, também a Ilha Terceira recebe agora uma nova vaga de investimento, com vista à expansão e fortalecimento das suas infraestruturas fixas e móveis.

Concretizando a premissa de levar investimento, tecnologia e inovação indistintamente todo o território nacional, a Altice Portugal anunciou que até ao final de 2020 mais de 95% da população da Ilha Terceira, em particular de todas as freguesias dos concelhos de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, estará coberta por fibra ótica de última geração da Altice Portugal. 

São hoje já mais de 5,3 milhões de lares e empresas portugueses que usufruem desta tecnologia, um marco inicialmente previsto para o final de 2020 mas que foi largamente ultrapassado logo no 1º trimestre do ano. A fibra ótica é uma infraestrutura mais robusta, simples e com enorme potencial para novos serviços, permitindo à Altice Portugal manter a sua aposta no foco no cliente e na qualidade de serviço enquanto eixos basilares da sua estratégia.

Mais investimentos em 2021

No que diz respeito à fibra ótica, estão ainda previstos, em 2021, novos investimentos para a Região Autónoma dos Açores, num valor que ultrapassa os 3 milhões de euros e que contribuirá para continuar a captar investimento privado, gerar emprego e criar valor, fixando populações e combatendo consequentemente a desertificação.

Já a modernização da rede móvel da Altice Portugal nos Açores materializa-se num investimento que totaliza, com esta nova vaga, um total de 1,2 milhões de euros nesta ilha. A visita da empresa trouxe, aliás, consigo o anúncio de duas novas estações base de rede móvel a entrar em funcionamento até ao final do próximo ano, a que se juntam aos já perto de 40 sites móveis espalhados pela ilha do grupo central do arquipélago. Importa ainda realçar que 99,8% da população da Ilha Terceira tem acesso a rede móvel 4G da Altice Portugal.

Alexandre Fonseca, presidente Executivo da Altice Portugal, defende que a ida aos Açores «marca o compromisso da Altice Portugal para com o crescimento e progresso económico, social e tecnológico da Região Autónoma». «Acreditamos que a estreita e profícua colaboração com o Governo Regional dos Açores foi imprescindível para que hoje possamos estar aqui, juntos, a cumprir o desígnio da Altice Portugal e do país: mais investimento, mais tecnologia e melhores oportunidades para todos», acrescentou o responsável, que lembra que a maior parte do território nacional tem acesso à fibra ótica devido ao esforço da Altice. «Vamos continuar a levar fibra ótica até 100% da população portuguesa estiver servida, neste caso fibra ótica da Altice Portugal. Assim, através do nosso investimento privado, pretendemos também criar mais emprego e estabelecer a população».