Internacional

Pelo menos 14 mortos e 40 feridos na sequência de explosão na Síria

O ataque que ocorreu esta manhã não é primeiro a acontecer no território de Al-Bab

Um carro armadilhado explodiu esta manhã na cidade controlada pela Turquia de Al-Bab, perto de uma estação de autocarros, provocando no mínimo 14 mortos e 40 feridos, alguns deles em estado grave. O anúncio foi feito pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

O território é controlado pela Turquia através de grupos armados sírios. Tal como a cidade de Al-Bab, outros territórios no nordeste da Síria são controlados pela Turquia depois de várias ofensivas realizadas para expulsar milicianos curdos e 'jihadistas'.

O ataque ainda não foi reivindicado, mas este não foi o primeiro incidente de segurança a ocorrer no território. Desde 2017, quando a cidade foi tomada por tropas turcas do grupo “jihadista” Estado Islâmico (EI), que este tipo de situação acontece.

Note-se que há três semanas, um funcionário do Crescente Vermelho turco foi morto em Al-Bab durante um atentado a um veículo da organização de ajuda humanitária. Num comunicado divulgado pela ONG, pode ler-se que homens armados e com máscaras, que vestiam roupas camufladas viajavam em dois carros sem matrículas e atacaram o veículo do Crescente Vermelho.

A guerra na Síria, iniciada em 2011 com a repressão das manifestações pró-democracia, tem-se vindo a tornar cada vez mais complexa ao longo dos anos tendo já provocado 380.000 mortos.