Sociedade

Há um português entre os feridos do ataque em Viena, confirma Marcelo

Chefe de Estado português afirmou ao seu homólogo austríaco que tem a convicção de que estes [autores de atos de violência] não lograrão alcançar os seus objetivos".

O Presidente da República anunciou, esta terça-feira, que entre os feridos do ataque de ontem na capital austríaca está um jovem português.

"Foi com choque e tristeza que tomei conhecimento do ataque que ontem [segunda-feira] teve lugar no centro de Viena e que provocou a morte de quatro pessoas e diversos feridos, entre estes últimos um jovem português", lê-se na mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa, enviada ao seu homólogo da Áustria, partilhada também no site da Presidência portuguesa.

Na mensagem, enviada a Alexander Van der Bellen, o Presidente sublinha o seu "repúdio por todos os atos de violência" e reitera a "convicção de que estes não lograrão alcançar os seus objetivos".

"Neste momento difícil, quero exprimir a minha solidariedade para com a Áustria e o povo austríaco e apresento a vossa excelência, em nome do povo português e no meu próprio, a expressão da mais sentida solidariedade e sincero pesar", escreveu ainda o chefe de Estado.

Recorde-se que o ataque de segunda-feira à noite em Viena começou com um tiroteio numa rua central onde fica a sinagoga principal da capital austríaca, tendo os atacantes seguido para o centro da cidade, disparando sobre quem ocupava as esplanadas.

O ataque fez pelo menos quatro vítimas mortais e feriu mais de 17 pessoas Um dos atacantes foi morto pelas autoridades, mas um segundo fugiu e está a ser procurado.