Politica

Vítor Ramalho apoia Marcelo: "Não há outra solução. Quem gosta deste país tem de ser realista"

Ex-dirigente socialista alerta que é preciso dar resposta a uma crise económica e social “gravíssima”

O socialista Vítor Ramalho apoia a recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa à presidência da República. Ramalho explica ao i que, entre os candidatos disponíveis, Marcelo Rebelo de Sousa é aquele que dá mais garantias para responder à crise económica e social provocada pela pandemia. “Voto em Marcelo Rebelo de Sousa. Não há outra solução. Quem gosta deste país tem de ser realista”, diz.

Vítor Ramalho, que trabalhou durante dez anos com Mário Soares em Belém, alerta que é preciso preparar o país para uma crise sem precedentes, porque “o que aí vem é gravíssimo e ultrapassa a questão da covid”. Com a pandemia “vieram ao de cima os erros brutais que foram cometidos e temos de responder à crise juntando e não dividindo”, avisa o ex-governante e antigo dirigente do PS.

Vítor Ramalho assume esta posição depois de o PS dar liberdade de voto aos militantes nas eleições presidenciais. “Para o PS, os militantes, simpatizantes e eleitores, as eleições presidenciais serão exercício de liberdade e cidadania ativa”, disse o secretário-geral do PS, António Costa.

Marcelo Rebelo de Sousa conta com o apoio de vários socialistas nesta corrida presidencial. Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, Carlos César, presidente do partido e Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, já anunciaram a intenção de apoiar o atual Presidente da República.

Ana Gomes também ganhou mais apoios depois da reunião da Comissão Nacional. O histórico do PS Manuel Alegre, o ex-ministro João Cravinho e o ministro Pedro Nuno Santos estão ao lado da ex-eurodeputada.