Opiniao

O perigo dos abusos sexuais nas escolas!

A minha filha chegou-me a casa, algumas vezes a dizer que os rapazes mais novos baixam as calças porque os mais velhos lhes prometem doces, e não tolero isso como uma ‘brincadeira’...

Acerca da notícia do professor auxiliar que abusou sexualmente de crianças em colégios nos arredores de Cascais, é um assunto que devíamos estar muito mais preocupados do que aquilo que parece!

«Jovem monitor suspeito de abusos a menores nos Maristas de Carcavelos!

Suspeito também estava ligado à catequese e aos escuteiros

A Polícia Judiciária de Lisboa deteve um jovem predador sexual, de 18 anos, suspeito de ataques a pelo menos três crianças no colégio Maristas de Carcavelos.

Todas as vítimas são rapazes, sendo que o suspeito foi monitor na instituição até há um mês, sendo que já estava afastado do colégio aquando das denúncias.

O abusador exercia funções de auxiliar de ação educativa, técnico de informática e audiovisuais, para além de formador de atividades de enriquecimento curricular naqueles estabelecimentos, tendo aproveitado a proximidade e a confiança que mantinha com as crianças para assim consumar os atos ilícitos, os quais decorreram entre os meses de setembro e novembro passados», refere o comunicado das autoridades.

«Adicionalmente trabalhava também na catequese e nos escuteiros. As autoridades acreditam que o suspeito abusado de mais de dez vítimas.

As crianças têm entre os 7 e os 11 anos, com o caso a ter sido denunciado por pais dos alunos.

A Polícia Judiciária foi chamada a investigar o caso no colégio e encontrou mais vítimas quando se apercebeu da ligação do suspeito aos escoteiros e à catequese.

O suspeito acabou por ser detido e está em prisão preventiva».

Esta realidade pode ser muito mais repetitiva do que parece. E como sabemos assim, se os nossos filhos estão protegidos? Até por alunos mais velhos que abusam de crianças mais novas, em troca de doces? Penso que em casa, tem de ser feito um trabalho de alerta e educação sexual para que os nossos filhos não estejam expostos aos predadores sexuais que se podem iniciar jovens!

De alguma forma estamos a perder a inocência, ou essa inocência já havia sido perdida sem nós darmos conta com o perigo dos predadores sexuais. A verdade é que já não podemos levar as coisas levianamente como se nada se passasse. A minha filha chegou-me a casa, algumas vezes a dizer que os rapazes mais novos baixam as calças porque os mais velhos lhes prometem doces, e não tolero isso como uma ‘brincadeira’. Imediatamente lhe expliquei o que ela devia fazer se pedissem às raparigas quer fosse por alunos quer fosse por docentes. Estamos numa sociedade insegura.

Não sabemos realmente em quem confiar, apenas ensinar os nossos filhos que as nuvens cor de rosa podem existir de forma protegida e com alarme de preferência!