Sociedade

858 doentes covid-19 estão internados nos cuidados intensivos, novo máximo em Portugal

O mês de janeiro tem registado os piores números da pandemia. Portugal atingiu novo máximo de doentes covid-19 - 858 - nos cuidados intensivos e pela segunda vez ultrapassa as 300 mortes associadas ao vírus - 303. Nas últimas 24 horas, recuperaram mais 7.511 doentes.


O número de mortos por covid-19 volta a atingir novo recorde – 303 -, ultrapassando os 300 pela segunda vez num espaço de três dias em Portugal, nas últimas 24 horas. O primeiro dia foi a 28 de janeiro.

Segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), deste domingo, foram diagnosticados 9.498 casos de infeção por covid-19, uma ligeira diminuição no número de contágios, cerca de 23,6% em relação a este sábado.

Assim sendo, desde o início da pandemia, o país soma um total de 720.516 infetados e 12.482 óbitos associados ao vírus.

Lisboa e Vale do Tejo ainda continua a ser a região do país mais afetada pela pandemia de covid-19. Nas últimas 24 horas nesta região, foram confirmadas 4.834 infeções e 153 mortes, de forma a concentrar cerca de 50,9% do total de novos casos em Portugal.

De seguida, encontra-se a região Norte com 2.651 casos registados, o Centro com 1.385, o Alentejo com 254 e o Algarve com 233 novos casos de novo coronavírus.

Já em relação ao número de óbitos, o Norte tem menos de metade do que Lisboa – 48 -, seguindo-se pelo Centro com 77, Alentejo com 16 e Algarve com 5 vítimas mortais. A região mais a sul de Portugal continental continua a ser a menos afetada pela pandemia.

Nas regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, o número de novos casos é de 101 e 40, e de mortes é de três e uma, respetivamente.

Apesar de se ter notado uma descida nos internamentos ontem, o boletim da DGS de domingo evidencia uma subida de mais 150 internados. Agora, estão 6.794 doentes internados nas enfermarias, valor mais alto registado no país e também o mais próximo dos 7 mil internados que já esteve.

Não há melhoras nos cuidados intensivos. De ontem para hoje, entraram mais 15 doentes covid-19, subindo o número total para 858, sendo este o novo máximo em Portugal. Porém, nas últimas 24 horas, recuperaram mais 7.511 doentes.

Fazendo as contas, neste momento, Portugal tem 181.623 casos ativos e sob a vigilância das autoridades de saúde estão 223.991 pessoas.

Consulte aqui o boletim na íntegra