Politica

"Se tudo decorrer com normalidade, atingiremos os 70% de imunização no final do verão"

Costa comentou também os casos de vacinação indevida, mas preferiu pôr a tónica nos sucessos do plano.

O primeiro-ministro esteve, esta quinta-feira, no hospital prisional São João de Deus, em Caxias, onde assistiu à vacinação de funcionários contra a covid-19.

Em declarações aos jornalistas, António Costa afirmou que "se tudo decorrer com normalidade, sem atrasos na produção e entrega ou outros incidentes, atingiremos os 70% de imunização no final do verão".

O chefe de Governo comentou também os diversos casos de vacinação indevida, uma situação que considerou "grave” e que merece “punição".

Por outro lado, fez questão de frisar: "Não podemos, a partir de um fruto podre, diminuir o que é uma operação de grande sucesso".